Artigo

9 das cenas mais nojentas do cinema

O site Alternative Reel elegeu “10 das cenas mais nojentas do cinema”, a lista é parecida  com a já mostrada aqui. A famosa e  nojenta cena de “Pink Flamingos”  e os  lançamentos de vômitos de Linda Blair em  “O Exorcista”  são as únicas que se repetem, confira.

09. Nicolas Cage comendo uma barata viva [ Vampire´s Kiss (Um Estranho Vampiro), 1989 ]

Peter Loew (Nicolas Cage) acredita que foi mordido por uma vampira (Jennifer Beals) e, como parte de sua loucura, começa a agir como um. Seu novo comportamento assusta sua secretária (Maria Conchita Alonso), que não pode abandonar o emprego e precisa suportar as excentricidades do chefe. Peter continua recebendo a visita da vampira que bebe seu sangue, mas começa a perceber que tudo pode ser apenas alucinação. [ VIDEO ]

08. Devine come fezes de cachorro [ Pink Flamingos, 1972 ]

Dirigido por John Waters em 1972, Pink Flamingos entrou para a história como um ícone do cinema independente e subversivo.

Na história, um travesti chamado Divine vive com sua família bizarra em um trailer escondido da polícia, quando um casal de pervertidos invejados com o título que Divine ganhou da imprensa local de “a pessoa mais pervertida que existe”, decide eliminar a ameaça. Os personagens, vão à fundo em imundície e perversão, Crackers, o filho de Divine transa com galinhas vivas, matando as aves no ato sexual. Outro ato de escatologia ao vivo é quando Divine espera um cachorro fazer cocô, recolhe as fezes e come com prazer. Esta ode à escatologia e bizarrice vai de contraponto a tudo feito naquele momento em cinema nos EUA.
[ VIDEO ]

07. Randy Quaid usa fio dental pela primeira vez [Kingpin, 1996 ]

Por ter um dom para boliche desde criança Roy Munsen (Woody Harrelson) foi estimulado para ser um campeão. Em 1979 ele consegue ser campeão estadual em Iowa, pois era um jogador fenomenal. Mais tarde ele conhece um dono de uma pista de boliche, Ishmael Boorg (Randy Quaid), um amish que tem um incrível talento para o boliche. Munsen quer se tornar empresário de Boorg, mas este não mostra o menor interesse. Assim Roy se disfarça como um amish e se infiltra na família de Ishmael, que o reconhece logo que o vê, pois a mão de borracha que cobre o gancho o denunciaria em qualquer lugar. [ VIDEO ]

6. Ray Liotta come seu próprio cérebro [ Hannibal, 2001 ]

Sete anos se passaram desde que o Dr. Hannibal Lecter (Anthony Hopkins) escapou da prisão. O múltiplo homicida agora trabalha na biblioteca de uma família nobre de Florença e transita livremente pela Europa.

O auge do filme é o momento em que o personagem de Hopkins faz o personagem de Ray Liotta comer seu próprio cérebro. A cena não se repetiria na vida real, pois o cérebro humano vivo não tem consistência, ou seja, ao abrir a cabeça da pessoa ele se derramaria no chão, como uma gelatina. [ VIDEO ]

5. Charles Hallahan transforma-se em “Spider Head” [ The Thing, (O Enigma do Outro Mundo), 1982 ]

John Carpenter é o tipo de diretor que sempre causa controvérsia com seus filmes, senão pela temática abordada, então pelos resultados alcançados. Isso porque as opiniões sobre as produções desse cineasta conseguem oscilar entre extremos, sendo definidas por uns como clássicos e taxadas, por outros, como fracassos perfeitamente dispensáveis para qualquer expectador.

Entre as de maior destaque estão a carnificina no canil, o teste no sangue dos sobreviventes e uma cena que mostra uma espécie de cabeça-aranha andando e usando a língua como chicote.[ VIDEO ]

4. Jeff Goldblum transformando-se em “Brundlefly”[ The Fly, (A Mosca), 1986 ]

Esta é uma obra de terror assustadora, mas ao mesmo tempo extremamente cativante e romântica estrelada por Jeff Goldblum, que interpreta um cientista que acidentalmente se funde a uma mosca doméstica ao conduzir uma experiência de teletransporte. Uma jornalista (Geena Davis), que apaixonou-se por ele ao fazer a reportagem sobre suas descobertas científicas, acaba de envolvendo com uma horrenda criatura, cuja a aparência de inseto gradualmente passa a ser predominante. [ VIDEO ]

3. Edward Norton espancando em American History X [ American History, (A Outra História Americana), 1998 ]

A Outra História Americana é um profundo e movimentado drama sobre as conseqüências do racismo à medida que uma família é dividida pelo ódio. Uma análise do extremismo na América, o filme segue a luta de um homem para reformar a si próprio e salvar seu irmão após viver uma vida consumida pela violência e intolerância.

A cena em que o personagem de Norton coloca um negro com a boca no meio-fio é sem dúvida a mais polêmica e forte do cinema. [ VIDEO ]

2. Linda Blair vomita uma gosma verde [ The Exorcist, (O Exorcista), 1973 ]

Uma jovem filha de uma atriz é possuída por um demônio, e um padre especialista em exorcismo é chamado para cuidar do caso. Oscar de Melhor Roteiro Adaptado e Melhor Som. Foi também o primeiro e único filme de terror da história a ter sido indicado ao prêmio de Melhor Filme.

As cenas assustadoras em que o demônio toma o corpo da garota são conhecidas no cinema. O auge é o momento em que ela começa a contorcer-se e logo em seguida vomita uma gosma esverdeada.

1. Criatura surge do estômago de John Hurt [ ALIEN, 1979 ]

O título do filme se refere a criaturas extraterrestres (“aliens”) extremamente agressivas, mas o fio condutor da trama torna-se a saga de Ellen Ripley, (Sigourney Weaver), uma mulher humana que se descobre como a principal oponente da espécie alienígena através da série. O filme lançou a primeira grande série norte-americana com uma heroína de ação.

Em sua primeira aparição, o monstrengo mais famoso das galáxias já mostra ao que veio, para o desprazer de John Hurt, que tem seu estômago estourado pelo (ainda) pequeno alienígena, em mais uma clássica cena dos filmes de terror.[ VIDEO ]

Via : O Buteco da Net

 

GeraLinks - Agregador de links
23 comentários

Opine

Topo