Cinema

Os 10 filmes indicados ao Oscar banidos pelo mundo

De tempos em tempos, surgem filmes famosos de temática polêmica ou com uma narrativa fora dos preceitos de uma sociedade, assim são banidos de muitos países. Mesmo alguns desses filmes quando são indicados ao Oscar, não conseguem através do respeitado prêmio o seu passe-livre ou uma entrada facilitada. O site Cinema é Tudo isso elaborou uma ótima lista com os 10 filmes indicados (e até vencedores) ao Oscar banidos pelo Mundo, confira abaixo.

Mesmo com a maior bilheteria de todos os tempos, o filme não poderia escapar de ser banido. O indicado a Melhor Filme (2009) foi removido de cinemas na China, devido à preocupação de que a trama poderia causar nos cinéfilos uma rebeldia contra os esforços do governo por forçar a remoção de populações de um local para o outro na China.

Lutando para sobreviver à Grande Depressão, uma divorciada (Joan Crawford) fica desesperada para apaziguar a avidez de sua escalada social que se casa com um playboy. A filha maldosa (Ann Blyth) flerta com o seu novo padrasto. Em 1940, o romance foi banido em Boston e proibido na Irlanda. O longa foi indicado para seis Oscars, incluindo Melhor Filme, Melhor Atriz Coadjuvante ( Eve Arden , Blyth), Melhor Roteiro (Ranald MacDougall). Crawford ganhou o Oscar de Melhor Atriz.

“Nada de Novo no Front” falava soldado desiludido com a inutilidade da Primeira Guerra Mundial, o longa que ganhou o Oscar de Melhor Filme, foi brevemente apresentado na Alemanha, quando o filme foi lançado, os nazistas colocaram ratos nas salas de cinema para assustar os espectadores. Mais tarde, foi inteiramente proibido na Alemanha devido ao seu tema de anti-guerra. O longa também foi proibido na Itália até 1956.

Indicado para nove Oscars, incluindo Melhor Filme, Egito baniu este épico. Em outros lugares ao redor do mundo, líderes religiosos denunciaram que filme servia como um lembrete do adúltero entre Taylor e a co-estrela Richard Burton.

 

Malásia, Cingapura e Reino Unido foram assustados com esse filme de horror da menina possuída, e baniu o filme de suas salas. “O Exorcista” possuía 10 indicações ao Oscar, incluindo de Melhor Filme, mas a sua única salvação foi em dois prêmios técnicos.

Adorado por muitos e indicado a Melhor filme, “O Segredo de Brokeback Mountain”, os censores chineses proibiram a história de amor dos dois cowboys em seus cinemas. Mesmo vencedor de 3 Oscars, Os Emirados Árabes decretaram que o filme destrói “os valores e a moral da sociedade.”

Adaptado do romance de Günter Grass aclamado pela crítica , “O Tambor” ganhou o Oscar de Melhor Filme Estrangeiro e da Palma de Ouro no Festival de Cannes. No entanto, o filme foi proibido no Canadá (província de Ontario) e nos EUA (Oklahoma City), devido a uma cena que parece menores praticando sexo oral.

Bernardo Bertolucci recebeu uma indicação ao Oscar por “O Último Tango em Paris”, que segue a relação ímpar de um viúvo americano (Marlon Brando, indicado para Melhor Actor) e uma jovem parisiense (Maria Schneider). O filme causou muita polêmica para a chamada “cena da manteiga”. Um tribunal de Bolonha, Itália, escreveu ao proibir o filme: ofensivo à decência pública… Outras nações que proibiram o filme: Cingapura, Nova Zelândia, Portugal e Coréia do Sul.

“A Última Tentação de Cristo” provocou vários protestos religiosos no sul dos Estados Unidos, que acabou resultando na proibição em Savannah, Georgia. Mesmo quando saiu em vídeo, eles se recusaram a levar a cópia do filme para as suas prateleiras. Martin Scorsese recebeu uma indicação ao Oscar de Melhor Diretor.

O filme foi indicado a quatro Oscars, incluindo Melhor Filme, mas a sua história extremamente violenta causou em alguns países (Irlanda, Cingapura, Malásia, Coreia do Sul e Espanha) preocupação de haver imitação no comportamento, por isso foi banido. Mesmo o diretor Stanley Kubrick foi colocado contra a parede. O longa foi retirado do Reino Unido, após Stanley e sua família receberam ameaças de morte. O filme só voltaria depois da morte do diretor.

9 comentários

Participe da discução

Topo