Cinema

Ficha do Filme | Covil de Ladrões

Ficha do Filme | Covil de Ladrões

Em Covil de Ladrões, um ladrão planeja um roubo a um banco enquanto tenta ocultar um tenebroso segredo: ele pertence a duas facções rivais e sua sobrevivência depende que essa informação nunca chegue aos líderes desses movimentos.

Este slideshow necessita de JavaScript.

.

Trailer | Covil de Ladrões

Gerard Butler

Nick Flanagan

50 Cent

Nome não revelado

Jordan Bridges

'Lobbin' Bob' Golightly

Pablo Schreiber

Nome não revelado

Maurice Compte

Benny 'Borracho' Megalon

Lewis Tan

Nome não revelado

Michael Papajohn

Nome não revelado

Stefanos Miltsakakis

Nome não revelado

Kaiwi Lyman

Tony 'Z' Zapata

Ficha Técnica

  • Título original: Den Of Thieves
  • Nacionalidade: EUA
  • Gêneros: Ação, Suspense, Policial
  • Ano de produção: 2018
  • Estréia: 05 de abril 2018 (Brasil)
  • Duração: 2h 20 minutos
  • Classificação: 14 anos
  • Direção: Christian Gudegast
  • Roteiro: Christian Gudegast, Paul Scheuring
  • Produção: Gerard Butler, Mark Canton, Glenn D. Feig, Daniel Kaslow, D. Scott Lumpkin, Jamie Marshall
  • Música: Cliff Martinez
  • Fotografia: Terry Stacey
  • Edição: Joel Cox
  • Produção de design: Elizabeth Boller
  • Figurino: Terry Anderson
  • Estúdio: G-BASE, Relativity Media, Tucker Tooley Entertainment
  • Distribuidor: Diamond Films

Pôster

Veja também

1 Comentário

1 Comentário

  1. Tabaré Golmar

    2018-09-12 em 15:34

    Um elenco espetacular, mas desperdiçado. As cenas de ação são escuras e confusas, criadas em efeitos digitais mal executados, deixando impossível discernir o que acontece. O pior pecado de Deuses do Egito, porém, é mesmo trazer deuses que não parecem nem um pouco egípcio em um Egito que não lembra o Egito nem depois de muita tequila. O filme é incontestavelmente ruim. O roteiro não inova em nada, está cheio de clichês, utiliza muitas soluções extremamente convenientes e é demasiado expositivo em alguns momentos. Os efeitos especiais são extremamente mal feitos, mesmo uma pessoa leiga verá que eles não são convincentes. As atuações também estão bem fracas, nem mesmo o Gerard Butler (ator do óptimo “Tempestade: Planeta em Fúria”, aqui: https://br.hbomax.tv/movie/TTL607762/Tempestade-Planeta-Em-Furia os detalhes, fez uma atuação incrível) se salva. Mas, apesar disso tudo, eu não consigo dizer que não gostei do filme. É tudo tão absurdo que eu não conseguia parar de rir. E como não rir?! As cores em geral são extremamente exageradas e brilhantes, mas com destaque especial para o dourado, que compõe quase que a totalidade do cenário (inclusive o sangue dos deuses). Algumas cenas de luta combinam slowmotion e 360° em volta dos combatentes. E o diretor, Alex Proyas (Cidade Das Sombras), não teve medo de representar os elementos da mitologia egípcia de forma fantástica, ele definitivamente não se preocupa que esse universo pareça crível.

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Topo