Cinema

Os 10 maiores esnobados do Globo de Ouro 2019

Os Esnobados do Globo de Ouro 2019

No próximo domingo (dia 06 de janeiro) a Associação de Imprensa Estrangeira em Hollywood divulga os ganhadores do Globo de Ouro de 2019. Como não poderia ser diferente, algumas apostas certas para a premiação foram totalmente esnobadas. Confira abaixo a lista dos 10  maiores esnobados do Globo de Ouro 2019;

Ryan Gosling – Melhor ator em “O Primeiro Homem”

Ganhador do Globo de Ouro por “La La land: Cantando as Estações“, Ryan Gosling era considerado como um nome certo na edição deste ano, por conta da sua atuação em “O Primeiro Homem“.

Sam Elliot – Melhor ator coadjuvante em “Nasce Uma Estrela

Mesmo sendo um dos filmes mais indicados (com 5 nomeações) desta edição, Sam Elliot, um das maiores apostas dos especialistas, ficou de fora da disputa. Essa injustiça, pode ser corrigida no Oscar.

Ethan Hawke – Melhor ator drama em “No Coração da Escuridão”

Lançado no inicio da temporada, o longa dirigido por Paul Schrader foi bastante elogiado pela crítica. Foi um dos grandes ganhadores do New York Film Critics Circle Awards de 2018, levando os prêmios de melhor roteiro e melhor ator para Ethan Hawke.

Guerra Fria – Melhor filme Estrangeiro

O novo filme Polonês dirigido por Pawel Pawlikowski (Ida) foi o ganhador do melhor filme estrangeiro no New York Film Critics Circle Awards de 2018, além disso, é um dos indicados ao Satellite Awards 2019.

Viola Davis – Melhor atriz drama em “As Viúvas”

O novo filme de Steve McQueen (12 Anos de Escravidão) foi um dos grandes esnobados do ano, não conseguiu nenhuma indicação. Nem a excelente Viola Davis foi lembrada.

A Balada de Buster Scruggs – Melhor Roteiro

Vencedor de Veneza como Melhor Roteiro, o novo filme dos Irmãos Coen tinha tudo para brilhar. Porém, esnobado pelo Globo de Ouro, o filme provavelmente está fora das premiações

A Mula – Em toda as categorias

O veterano Clint Eastwood é sempre um nome forte nas premiações. O seu novo filme é encabeçado por um ótimo elenco (Bradley Cooper, Andy Garcia, Dianne Wiest) e é baseado em fatos reais, elementos que sempre conquistam a crítica.

Toni Collette – Melhor atriz drama em Hereditário

Que as premiações torcem o nariz para os filmes de terror, todo mundo sabe. Mas eles poderiam dar uma chance para a brilhante atuação de Toni Collette em “Hereditário“, um dos melhores filmes de terror do ano, segundo os críticos.

Yorgos Lanthimos – Melhor diretor em “A Favorita”

Presente em 5 categorias, “A Favorita” não teve seu diretor Yorgos Lanthimos indicado. Logica difícil de entender, já que o filme é um dos favoritos da premiação.

The Sisters Brothers – Melhor filme de comédia ou musical

Vencedor de Veneza na categoria melhor diretor, “The Sisters Brothers“, novo filme dirigido por Jacques Audiard (Ferrugem e Osso) e estrelado por John C. Reilly, Joaquin Phoenix e Jake Gyllenhaal foi totalmente esnobado.

Comentários
Topo