Lista

Do pior ao melhor | American Horror Story

American Horror Story

A espera acabou, o primeiro episódio da nona temporada de “American Horror Story” vai ao ar hoje (18/09), pelo canal FX. Intitulada como “1984, essa temporada será uma homenagem aos clássicos filmes de terror slasher dos anos 1980. E para esquentar a estréia, listamos o ranking definitivo de todos os anos da antologia criada e produzida por Ryan Murphy e Brad Falchuk – do pior ao melhor.

07. COVEN (2013)

Foto de COVEN (2013)

As expectativas para “Coven” eram grandes, afinal a série já tinha presenteado os fãs de terror com duas e ótimas temporadas. Porém, mesmo usando um tema que agrada a maioria dos fãs do gênero, a terceira temporada de American Horror Story é a mais fraca entre elas. Utilizando a mitologia das bruxas como pano de fundo, “Coven” tem seu potencial desperdiçado ao focar em um triângulo amoroso adolescente que destoa totalmente das temporadas anteriores.

07. American Horror Story: Apocalypse (2018)

American Horror Story: Apocalypse

American Horror Story: Apocalypse é crossover entre “Murder House” (1ª Temporada) e “Coven” (3ª Temporada). A oitava temporada foi um deleite para os fãs. Reviver os personagens presentes nas temporadas anteriores foi a forma que Ryan Murphy  encontrou para manter o público mais fiel, já que o roteiro em si, não mantém a mesma qualidade da série.

06. HOTEL (2015)

American Horror Story: Hotel (2015)

A primeira temporada sem a presença de Jessica Lange, conta com a atriz e cantora Lady Gaga  como protagonista. E mais uma vez, o enredo que tinha toda a mitologia dos vampiros como plano de fundo, escorrega em um triângulo amoroso sem graça.

  • O que funciona: O arco dos personagens secundários, principalmente dos excelentes Denis O’Hare, Kathy Bates e Sarah Paulson, é excelente.

05. FREAKSHOW (2014)

American Horror Story: Freakshow (2014)

Utilizando os acontecimentos em torno de um espetáculo de aberrações, a quarta temporada de “American Horror Story“, trata assuntos como a discriminação e as diferenças. Embora seja uma das temporadas menos assustadores, “Freak Show“, é uma das mais emocionantes da série, pontuando o drama e o horror na medida certa.

  • O que funciona Com personagens carismáticos e boas atuações, “Freak Show” ainda fecha o arco de Pepper (Naomi Grossman) uma das personagens mais queridas da série.

04. American Horror Story: Cult (2017)

AMERICAN HORROR STORY: CULT

Nesta sétima temporada, temos a corrida eleitoral dos EUA como pano de fundo. Além disso, toda a atmosfera de seita é explorada através de personagens baseados em pessoas reais.

  • O que funcional: Novamente o elenco é um dos pontos fortes. As reviravoltas também estão presentes, na melhor forma possível.

03. MURDER HOUSE (2011)

American Horror Story: Murder House

Colocando os personagens e o espectador dentro de uma casa mal assombrada, Ryan Murphy redefiniu o gênero já com sua primeira temporada. Abordando temas como infidelidade, amor, família e o perdão, “Murder House” entrega uma narrativa bem estruturada, personagens marcantes e muitos sustos!

02. ROANOKE (2016)

American Horror Story: Roanoke

Para dar um novo frescor para série, Ryan Murphy, resgata a estética de found footage e do mockumentary, explorada exaustivamente pela indústria hollywoodiana, para entregar a temporada mais assustadora de “American Horror Story”. Com um enredo que tem um Reality Show como plano de fundo, “Roanoke” é ousado e criativo.

01. ASYLUM (2012)

American Horror Story: Asylum

E o primeiro lugar não poderia ser diferente, amada por todos os fãs, “Asylum” é brilhante do inicio ao fim. Com um roteiro bem amarrado, atuações impecáveis (principalmente de Jessica Lange e Sarah Paulson)  Ryan Murphy coloca o publico dentro do macabro manicômio Briarcliff, onde o sobrenatural e o terror andam lado a lado.

E aí? Concorda com nosso ranking? Não se esqueça de deixar seu ranking nos comentários.

Comentários
Topo