Cinema

6 dos melhores momentos do Oscar 2020

A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas divulgou na noite de ontem (09/02/) os ganhadores do Oscar 2020. E como não poderia ser diferente, a 92ª edição da premiação nos reservou momentos marcantes, confira abaixo;

Discurso de Abertura

ABERTURA DE STEVE MARTIN E CHRIS ROCK

No segundo ano consecutivo sem apresentador fixo, o Oscar 2020 começou com um discurso bem-humorado de Chris Rock e Steve Martin.

Os comediantes tiraram sarro da duração de “O Irlandês” e deram alfinetadas na falta de diretoras e diversidade da premiação. Sobrou até para Jeff Bezos, CEO da Amazon, que recentemente passou por um divórcio – “ele (Jeff Bezos) deve ter achado que História de um Casamento era uma comédia!”

Zoando Cats

Cats Oscar 2020

James Corden e Rebel Wilson entraram vestidos de gatos em “homenagem” ao filme “Cats“, para apresentar a categoria de melhores efeitos visuais. Ambos os atores, estrelam o filme que foi alvo de uma enxurrada de críticas negativas.

Correção Histórica

Eminem Oscar 2020

Quando ganhou o Oscar de melhor canção (feita para o filme 8 Mile – Rua das ilusões) em 2003, Eminem não se apresentou por causa da censura imposta pela academia. 17 anos depois, ele pisa no palco de surpresa, fazendo que sabe fazer de melhor.

PRIMEIRO APRESENTADOR COM SÍNDROME DE DOWN

PRIMEIRO APRESENTADOR COM SÍNDROME DE DOWN

Zack Gottsagen fez história na noite de ontem (09/02) ao se tornar o primeiro apresentador com Síndrome de Down da história do Oscar. Ao lado de Shia LeBeouf (colega do ainda inédito The Peanut Butter Falcon), o ator entregou o prêmio de Melhor Curta-Metragem.

Quebra de tabu

Hildur-Guðnadóttir---Oscar-2020

Primeira mulher a vencer na categoria Melhor Trilha Sonora, a compositora islandesa Hildur Guðnadóttir, de  “Coringa” fez um discurso empoderado “Para as meninas, as mulheres, as mães, as filhas que borbulham por dentro ao ouvir música, por favor, falem. Precisamos ouvir suas vozes”,  conquistando a simpatia da plateia.

A consagração de Parasita

A consagração de Parasita

O longa Sul-Coreano “Parasita” foi o grande vencedor do Oscar 2020. Além de se tornar o primeiro filme não falado em inglês a levar o prêmio principal, a obra-prima de Bong Joon Ho levou também as estatuetas de melhor filme internacional, melhor roteiro original e melhor direção.

Comentários
Topo